Sicomécio Três Rios - Filiado à FECOMÉRCIO RJ
Início > Novidades > Notícias Sicomércio > Leitura da notícia
Itens da Cesta de Compras apresentam alta

Os itens da Cesta de Compras, consumidos pelas famílias residentes na região de Três Rios, apresentaram em março aumento de 1,16%, completando uma sequência de sete altas consecutivas. Em decorrência desta variação, o valor médio da Cesta passou de R$ 434,95 em fevereiro, para R$ 439,99, em março. O levantamento foi coordenado pela Fecomércio-RJ e pelo Sicomércio de Três Rios, entre os dias 01 e 31 de março de 2011.

 

É importante lembrar, que a pesquisa Cesta de Compras é divulgada mensalmente com o intuito de avaliar as variações de 1.610 preços, coletados em 50 locais, referentes a 39 itens (32 de alimentação, 4 de higiene e 3 de limpeza), de maior peso no orçamento, consumidos por famílias de dez diferentes faixas de renda.

 

Em março, as famílias de todas as faixas de renda aumentaram os seus gastos, e as que recebem entre 3 e 5 salários mínimos passaram a pagar 1,70% a mais por suas Cestas. Na análise por grupo, foram obtidos os seguintes resultados: para o Grupo 1 (famílias que recebem mensalmente até oito salários mínimos) a alta registrada nos gastos foi de 1,48% e para o Grupo 2 (famílias com rendimento acima de oito mínimos) o aumento situou-se em 0,93%.

 

A pesquisa apontou também que a cebola foi o item que teve o aumento mais intenso, pois ficou 50,19% mais cara; seguida pela batata que subiu 49,07%; pelo tomate que sofreu reajuste de 29,89%; e pela laranja pêra que encareceu 7,38%. Em contrapartida, observou-se: o arroz, o queijo prato, a carne bovina de primeira, o sal e o sabonete, uma vez que foram os itens que mais baratearam com seus preços apresentando retrações na ordem de 5,00%.

 

Nestes três meses de 2011, a Fecomércio-RJ e o Sicomércio de Três Rios já apuraram alta de 4,42% no custo da Cesta de Compras Este resultado acumulado ficou um pouco acima do registrado no ano passado, quando o aumento nos gastos tinha sido de 4,03%. Neste período, as famílias mais prejudicadas também foram as que recebem de 3 e 5 salários mínimos mensais, pois gastaram 5,32% a mais do que gastavam no final do ano passado.

 

No ano, o tomate foi o item que mais subiu de preço, apresentando alta de 154,37%. Bem distante, vieram: a cenoura (73,49%), a cebola (53,83%) e a laranja pêra (43,93%). Em contrapartida, o feijão barateou 17,04% e a batata apontou queda de 8,50%. 

Nos últimos 12 meses, o aumento nos custos das famílias com a Cesta de Compras foi de 10,71%. Esta alta foi superior a taxa registrada no mesmo período do ano passado (7,39%). As famílias mais prejudicadas foram as que recebem entre 15 e 20 salários mínimos mensais, pois gastaram 12,15% a mais do que gastavam em março de 2010.

Confira as notícias do Sicomércio em tempo real
Twitter - @sicomerciotr
Sindicato do Comércio Varejista de Três Rios
Rua Prefeito Walter Francklin, 165 - Loja 114 - Galeria Central
25803-010 - Calçadão - Centro - Três Rios / RJ

(24)
2252-1722